6 leitores de XML e tudo o que você precisa saber

  • Por Pedro Zambarda de Araújo
  • 04 out, 2017
Não basta economizar dinheiro, é preciso tornar a consulta mais produtiva, com segurança. Veja como conseguir o DANFe em sites confiáveis. O post 6 leitores de XML e tudo o que você precisa saber apareceu primeiro em Blog do Arquivei.
O padrão XML foi escolhido para ser o formato digital que contém as informações de diversos documentos fiscais como Notas Fiscais eletrônicas (NFes) , Conhecimentos de Transporte eletrônicos (CTes) , entre outros.
Para o contribuinte precisar de um leitor de XML, ele não tem posse do DANFe (Documento Auxiliar da Nota Fiscal eletrônica) da mercadoria e precisa do XML para obtê-lo. Mas, como o usuário tem em mãos esse XML? É necessário, quase sempre, correr atrás do fornecedor, procurar em meio de e-mails, etc. Esse processo também pode ser um gargalo na produtividade do usuário e isso precisa ser eliminado.
Não seria melhor se o XML viesse automaticamente e fosse armazenado com segurança, junto ao DANFe?
Assim o contribuinte teria tempo hábil para analisar a nota e perceber se as informações estão corretas, efetuando (ou não) o cancelamento, ou pedido de correção, em até 24 horas.
Para que o contribuinte tenha em mãos o XML emitido contra o seu CNPJ em tempo real, armazenado com segurança, basta acessar o Arquivei . Através do site o usuário tem todos os XMLs de NFes e CTes dos últimos 90 dias, além de NFSes de diversas prefeituras. Para visualizar o DANFe e DACTe, basta um clique. Teste gratuitamente agora !
Um leitor de XML comum, online, funciona basicamente como uma ferramenta que:
  1. faz o upload do XML do documento fiscal;
  2. retorna a visualização em PDF, geralmente do DANFe (Documento Auxiliar da Nota Fiscal eletrônica).
Assim, o contribuinte pode visualizar o resumo da Nota Fiscal com mais clareza. Porém, esse tipo de leitor não faz essa operação em lote, o que volta ao problema de ter que inserir informações nota a nota.
Além da obrigatoriedade de armazenamento do XML por 5 anos , este arquivo é de suma importância para o setor contábil da empresa, pois nele estão todas as informações relevantes para análises e relatórios de compras, vendas, etc .
Talvez seja o momento de repensar como a empresa está utilizando o XML, pois ele não serve somente para conseguir o DANFe.
Saiba mais por aqui como funcionam os leitores deste formato.

Opções de leitor XML e conversores

Na rede online existem alguns outros leitores online que dispensam a instalação. De forma acessível na internet, porém isso não significa que para obter a leitura do DANFe o trabalho seja feito gratuitamente.
1.  WebDANFe : o site permite que o contribuinte insira até 30 chaves de acesso separadas por linhas, sem se preocupar em tirar espaços e pontos. Ou, enviar até 30 arquivos XMLs para converter em PDF de uma única vez!
Plataforma Web Danfe, patrocinada pelo Arquivei
2.  Leitor XML : este site permite ler e visualizar arquivos XML enviados via upload sem grandes opções no arquivo gerado. Uma mensalidade é cobrada para carregar mais arquivos XML, ou ler uma pasta em formato .zip;
3. FreeNFE : permite apenas a visualização do XML em DANFe, não possui versão paga, porém não possibilita a operação em lote também, é necessário subir nota a nota. Além disso, existe a versão instalável do aplicativo, que funciona da mesma maneira;
4.  XML Viewer : neste site, que é totalmente em inglês, existe um XML Input (onde o contribuinte sobre o arquivo XML) e o Result (resultado), que não chega a ser um DANFe, apenas uma forma mais resumida das informações do XML.
Opções de conversores de XML em formatos como CSV, PDF, TIFF, JPG, HTML, entre outros, são bastante utilizados pelos contadores como forma de extrair análises a partir deste arquivo tão rico em informações.
Porém o que se encontra na internet nem sempre está alinhado com as expectativas do contribuinte. Veja alguns:
5.  XML Grid : esta ferramenta, também totalmente em inglês, dá acesso à conversão de arquivos XML no formato CSV, apenas;
6.  Cool Utils : também totalmente em inglês, esse site permite converter arquivos XML para diversos tipos de formato, tais como PDF, TIFF, JPG, HTML entre outros. No caso do PDF, também não chega a ser o DANFe, veja abaixo como é a interpretação do site:
Visualização em PDF no site Cool Utils

Repositório online de XML

O repositórios de XML são apps e serviços pagos que permitem que seus arquivos XMLs, criados pelos emissores de NFes, sejam enviados por e-mail a mais de um destinatário. Os dados ficam armazenados em uma conta FTP dentro de servidores.
Os repositórios podem ajudar? Eles permitem configurar rapidamente os e-mails para os quais você desejar enviar o XML, possibilitando a adaptação em diferentes software. O único problema é que o servidor que guarda os dados precisa ter tecnologia de segurança para o correto sigilo de informações.
Com o Arquivei, além da consulta do XML sem chave de acesso , o usuário consegue obter o DANFe em apenas um clique, enviar por e-mail, imprimir, armazenar ilimitadamente e tudo com segurança garantida e autorização da Sefaz. Teste a plataforma gratuitamente agora mesmo.
Está gostando do conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba novidades:
[contact-form-7]

Como visualizar CCe e notas canceladas

Poucos aplicativos prometem entregar ao usuário a Carta de Correção eletrônica (CCe) ou o status da nota, pois não são conectados diretamente com a Secretaria da Fazenda, assim não conseguem obter essas informações.
Com o Arquivei é possível saber se a nota em questão tem CCe ou se foi cancelada pelo fornecedor , em tempo real. Na plataforma todas as notas ficam centralizadas, fáceis de visualizar, imprimir e enviar por e-mail.

Notas que devem ser impressas

XML é realmente o formato digital das notas e dos arquivos fiscais, ele deve ser emitido, consultado e armazenado eletronicamente, o DANFe é apenas um resumo , fácil de visualizar, mas não tem validade jurídica, ou seja, não precisa ser armazenado.
Existem informações que precisam necessariamente ser impressas, como: Cupom Fiscal e Nota Fiscal de Venda a Consumidor (modelo 2).
As notas devem ser conservadas enquanto não se esgotar o estoque, desde que autorizado esse procedimento pelo município de jurisdição do fornecedor.

Consulta manual de NFes pela Sefaz

A Nota Fiscal eletrônica é, disparado, o documento que mais utiliza a linguagem XML. Por isso, é necessário saber como fazer uma consulta manual pelo site da Secretaria da Fazenda (Sefaz), onde seus dados são armazenados para que o governo saiba de suas informações.
A Sefaz pede uma chave de acesso . Tanto este código quanto uma sequência numérica devem ser fornecidos para acesso às NFes.  A chave de acesso só pode ser obtida a partir do arquivo XML e do DANFe. 
Segundo o Site Nacional de Empregos, a média salarial de um contador é entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. Os profissionais, se forem CLT, trabalham entre seis e oito horas por dia.
Um contador normalmente consegue consultar 20 notas por dia, numa empresa de fluxo baixo. Isso dá uma média de 2,5 notas por hora se todo o período de trabalho dele for utilizado, colocando sempre duas senhas por consulta.
Se forem emitidas 100 notas por mês, elas vão se equivaler à 40 horas mensais dedicadas apenas às consultas de Notas Fiscais. Considerando o CLT base de R$ 3 mil, são ao menos R$ 750 do salário daquele contador aplicados apenas na consulta manual das notas.
Este é o custo de consultas manuais pelo site da Sefaz para se obter os XML.

E o que muda num gerenciamento automatizado?

Plataformas como o Arquivei permitem que você poupe tempo e, consequentemente, dinheiro de um escritório de contabilidade. Digitalmente conectado com a Sefaz, o Arquivei garante que a nota fiscal consultada tenha validade jurídica.
Por estar em computadores e smartphones, a consulta automatizada também dispensa a chave de acesso, uma das limitações que demandam ainda mais tempo.
Arquivei também traz a centralização de processos, redução de riscos, proteção contra notas frias, inteligência de negócio, frete e logística . Não haverá mais necessidade de esperar o DANFe ou o XML. E todos os XML podem ser gerenciados digitalmente.
Não basta economizar dinheiro, mas sim tornar a sua consulta mais produtiva. E, é óbvio, ele também serve como um leitor adequado de notas fiscais em XML. Teste gratuitamente agora mesmo .

Gostou desse post?  Curta e compartilhe nas redes sociais:  FacebookLinkedIn  e  Twitter.

Blog da CAC - Consultoria & Adm Contábil

Por Vinicius Roveda 13 out, 2017
O assunto precificação de serviços tira o seu sono? Não chega a ser surpresa. Afinal, definir o valor do seu trabalho nem sempre é uma tarefa fácil. Você quer ser justo com o cliente, mas não minar o seu lucro. Tem solução? Nós queremos mostrar que sim.
Por Redator 11 out, 2017
O ano de 2018 será marcado por mudanças significativas nos âmbitos fiscal e tributário. Isso porque, além da entrada em vigor do eSocial, e-Financeira e do Bloco K do Sped, teremos ainda a impactante alteração na sistemática de cálculo do Simples Nacional. O novo Simples, infelizmente, traz alguns fatores complicadores. O valor do imposto a […] O post Versão 2018 do Simples Nacional: será que vale a pena? apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Carin Tom 11 out, 2017
Falta pouco para o eSocial empresas se tornar uma realidade no Brasil. Com a sua efetivação marcada para 1° de janeiro, a nova forma de repasse de informações trabalhistas e fiscais ainda suscita dúvidas entre donos de negócios.
Por Maria Bortolozi 10 out, 2017
Em 05 de outubro de 2017, o CONFAZ publicou no Diário Oficial novos Códigos Fiscais e alterações de notas explicativas do Anexo que trata do CFOP do Convênio s/nº, de 15 de dezembro de 1970. A sigla CFOP (Código Fiscal de Operações e Prestações) é um código numérico que identifica a natureza de circulação de […] O post CONFAZ realiza alterações na relação de CFOP à partir de 2018 apareceu primeiro em Blog do Arquivei.
Por Redator 10 out, 2017
Os empresários passam por um momento da economia que a ordem da vez é “economizar”. É o período que diminuir custos se torna algo obrigatório para se ter fôlego financeiro e, assim, poder avançar nos negócios. E uma das coisas que se tem buscado é a redução de gastos com impostos. Mas que perigos isso […] O post Cuidado com a sonegação fiscal apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Redação 10 out, 2017
Realizada com mais de 900 empresas, pesquisa da Arquivei também aponta que 63% das empresas tem dificuldade em reconhecer “notas frias” Visando mostrar a importância da gestão inteligente de documentos e notas fiscais, a Arquivei, plataforma para armazenamento, organização e consulta desses dados, fez uma pesquisa com mais de 900 empresas, de diversos tamanhos e segmentos, para entender […] O post Pesquisa: quase 80% das empresas não recebem todos os documentos fiscais enviados contra seu CNPJ apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Redator 10 out, 2017
A Reforma Trabalhista traz mais de 100 modificações à Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que entrarão em vigor em 11 de novembro. Algumas dessas alterações afetam a demissão do trabalhador. E para discutir essas mudanças e seus impactos, sindicalistas de Mato Grosso do Sul ligados aos trabalhadores do comércio e serviços, participaram em Brasília do […] O post Reforma trabalhista traz mais de 100 modificações à CLT apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Redator 10 out, 2017
O eSocial, portal para registro de empregados e de eventos como férias e horas extras, vai incorporar, a partir de novembro, as mudanças na legislação trabalhista aprovadas pelo governo neste ano, informou ao G1 o assessor especial da Receita Federal, Altemir Linhares de Melo. A partir do mês que vem, será possível realizar pelo eSocial […] O post Regras da reforma trabalhista vão ser incorporadas ao eSocial apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Redator 10 out, 2017
Entende-se por redirecionamento da execução fiscal a inclusão do administrador da pessoa jurídica no polo passivo da ação, passando ele a responder solidariamente pelos débitos tributários imputados pela Fazenda ao devedor contribuinte. Faz-se possível nos casos em que ficar demonstrada a prática de ato eivado de excesso de poderes ou infração à lei, contrato social ou estatuto, […] O post Prescrição intercorrente e redirecionamento da Execução Fiscal apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Por Redator 10 out, 2017
Muitas vezes definir um Orçamento de Marketing Digital é um grande desafio para empresas que, apesar de almejarem crescimento, ainda não investem em soluções e não sabem qual seria o investimento adequado. A realidade é que muitos CEOs ainda não enxergam a importância da área e encaram o marketing como uma despesa. No entanto, o Marketing Digital tem apresentado outra perspectiva, […] O post Como definir um Orçamento de Marketing Digital para sua empresa apareceu primeiro em Jornal Contábil.
Mais Posts
Share by: